quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Diário de Bordo de Uma Vida Limitada - Capítulo 5: Vida Eterna?

Por mais que tente negar a sua morte, ela virá, por que é a unica certeza de nossas vidas: o fim dela.

Não é um pensamento que estamos costumados a ter, mas sempre me pergunto o por que de estar vivo, qual é a minha função nesse planeta, nesse tempo, nessa existencia. Essas perguntas, são outras sem respostas, sendo respondidas, talvez, quando a unica certeza da vida nos atingir.

Macabro saber que você nasce e vive para ver apenas o escuro fechando em seus olhos. Mas meu propósito em escrever isso não é para falar sobre a morte, mas sim, que ela é apenas uma parte de nossa trajetória e o porque queremos viver esse caminho cheio de obstaculos enevoados chamado de vida. Não é o começo nem o fim que importa, é como batalhamos e passamos pelo resto desse caminho, é como vivemos nossa vida, é como nos apaixonamos, sofremos, nos alegramos, mudamos o mundo.

Vida e morte são assuntos bem interessantes, mas o amor, a alegria, a tristeza e o ódio tambem são. Por isso que irei viver a minha vida sem pensar na morte, mas sim, nos bons momentos que quero passar junto com as pessoas que amo e me preocupo, sejam elas minha família, meus amigos ou minha amada.

3 comentários:

  1. Porra, as vezes eu penso nisso bem desse jeito mesmo ._.

    ResponderExcluir
  2. As vezes tbm fico pensando pq eu existo e nunca acho uma resposta mas no final das contas sempre acabo pensando "foda-se vou viver minha vida" =)

    ResponderExcluir
  3. Biel... q gay =P
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir